12 de jul de 2011

O GUARDIÃO DE NOVA FRIBURGO


Imagem do meu arquivo pessoal. Pedra do Cão Sentado, símbolo de Nova Friburgo.





Hoje, 12 de julho, seis meses após a tragédia de Nova Friburgo...



O GUARDIÃO DE NOVA FRIBURGO


Imponente, o Cão Sentado, símbolo e guardião de Nova Friburgo, observa os estragos da cidade desejando que ela volte a ter a mesma beleza que seus olhos viam antes das fortes chuvas do último verão.

Em sua recordação alegra-se com a bonita imagem do Véu das Noivas com sua espumante brancura repleta de exuberância e graça atraindo olhares dos seus moradores orgulhosos e dos turistas admirados com singular beleza.


O Cão Sentado gostava de ouvir o sino da Capela de Santo Antônio convidando os fiéis para Missas dominicais ou festivas. E, depois das orações, era bom ver as crianças divertindo-se na pracinha ora no teleférico, ora andando no trenzinho que cortava a cidade em cantos e sorrisos, ora andando sobre animais ou sendo conduzidas por carroças enfeitadas.


Como era bonito para o Cão ver em torno do Rio Bengalas nenhuma sujeira ou montes de terras deixando a cidade feia e triste com as lembranças ruins do que aconteceu. Assim como o Cão Sentado, a população precisa esquecer-se do mal que se foi, mas para isso é necessário que não haja visível o rastro de destruição que é visto por toda Nova Friburgo.


E lá do alto o Cão deseja trocar seu uivo lamento por latidos como quem faz festa em ver de novo uma NOVA FRIBURGO. E poder afirmar aqui sim, “lugar de ser feliz”!













Djanira Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ