16 de out de 2009

NÃO FIQUE DE MAL DE MIM!


As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!



NÃO FIQUE DE MAL DE MIM!


Você atualmente está de mal de alguém? Lembro bem das vezes em que ficava de mal com alguma amiguinha no colégio nos meus idos anos dourados. Sentia um nó na garganta, o nariz ficava logo vermelho por tentar prender o choro, pois sofria todas as vezes em que me desentendia com algum coleguinha.

Nunca gostei de ficar de mal da melhor amiga e quando ouvia aquela cantoria do resto da turma “tá de mal come sal na panela de mingau”, nessa hora ficava com muita vontade de gritar para quem estivesse de mal comigo para acabar logo com aquela agonia:

- Não fique de mal de mim!!!

Adultos não ficam de mal porque ficar de mal é algo inocente que não deixa pesado o coração, pois a criança sabe que se não ficar de bem dez minutos depois, no dia seguinte voltam as pazes, as risadas e as mãos dadas de amigos para sempre.

Gostaria de que gente grande imitasse esse gesto infantil de apenas ficar de mal sem ficar com ódio um do outro. Tenho visto adultos afastando-se, odiando-se por futilidades e raramente voltam às boas. E quando reatam amizade já se foram anos distantes de rancores e ofensas trocadas.

O ser humano ficou intolerante demais. Quase ninguém quer ouvir e aceitar o pensamento alheio. Por isso tantas discussões e separações infundadas, incabíveis. Tanto orgulho penetrado na vida nossa de cada dia que por pequeninas coisas acaba-se uma amizade de anos por não se ter no coração a pureza preservada dos tempos de menino.

Por isso acho louvável olharmos de vez em quando para trás dos nossos dias e poder tocar na criança linda que fomos. Desta forma, ao compararmos o eu hoje com o eu ontem, haveremos de sentir vergonha e o desejo de resgatar os bons adjetivos que deixamos esquecidos e perdidos à medida em que fomos crescendo.

Ah, eu gostaria mesmo de lançar ao mar salgado para que ele cortasse com seu efeito salubre todo o orgulho, mágoas, ressentimentos que possam fazer com que eu me esqueça da menina maviosa que fui e poder me trazer os bons ares dos tempos de ouro para que eu consiga gritar para aquele que de mal de mim ficou ou se eu de alguém troquei de mal:

- NÃO FIQUE DE MAL DE MIM!!!


Eu seria muito mais feliz e aliviada por saber que depois de meia hora ou dia seguinte teria meus amigos de mal de mim de bem novamente para sempre...rs



Djanira Luz