5 de ago de 2009

DECOREI CADA PEDACINHO SEU...


As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!




DECOREI CADA PEDACINHO SEU...


Eu amo cada pedacinho de você, cada detalhe oculto que só meu coração pôde me mostrar. Amo cada linha da face que se forma quando sorri ou franze a testa, amo as linhas do tempo que vão surgindo levemente a cada nova primavera...

Amo mergulhar em seus olhos sabendo que é lá onde me perco de amor para finalmente me encontrar das minhas buscas. E amo a geografia dos seus lábios de montes rubros com cavidades por onde vou ao encontro da sua língua aquecida que vem em busca da minha. E elas se enroscam trépidas numa entrega ardente, apaixonada...

Ah, eu amo cada pedacinho seu, já decorei suas marcas e até seus tiques, esse seu jeito de mexer o cantinho da boca ao ficar sem graça se peço para dançar para mim. Até seu corpo já sei ler, ele sinaliza quando me quer mais desejoso, sai um suspiro lá do fundo do peito que dá um frio no seu estômago.

E por decorar cada pedacinho seu é que meu amor se fez tão grande, pois o amei assim, aos detalhes...




Djanira Luz


POR UM AMOR DE VERDADE...


As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!


POR UM AMOR DE VERDADE...


Preferiria não ouvir toda hora tu dizendo que me adoras, não ficaria presa a ti como numa teia se do contrário dissesses que me odeia! Tu dizes que me amas, mas não estás aqui perto, nosso amor distante é caminho incerto...

Quero tua presença que me permita te sentir e onde o calor do teu corpo possa ao meu transmitir. Não desejo a saudade fria que transforma minhas pobres horas em melancolia!

Quero ter a segurança do mundo em tuas mãos e a certeza de nós dois pulsando num só coração. Nossos corpos colados numa permuta de desejos, nossas bocas sedentas e mudas num beijo onde entro em ti e tu ficas em mim. Quero assim, uma paixão nunca vivida, sem fim!




Djanira Luz