21 de mai de 2009

AS METAMORFOSES DA VIDA...


As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la,
favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente। Obrigada!





AS METAMORFOSES DA VIDA...



Há momentos em nossa vida que nos obriga a tentar algo novo, a buscar um novo enredo. Ultimamente tenho me valido muito desta palavra - enredo - de quando em vez uma palavra fica mais em mim, talvez o reflexo daquilo pelo qual esteja vivendo no momento... Novos rumos, novas histórias, novos contos, novos romances... Sei lá!rs

Acho que agora, hoje, já, seja o tempo que "Djá" deseja sofrer mudanças amplas e irrestritas.

Mudar é bom. Gosto de mudar a disposição do armário dos cômodos da casa, apesar da trabalheira que dá, o aspecto novo compensa todo o infortúnio que é causado com a troca dos móveis de lugar.

E assim é que é! Mudança pode ser mesmo assustador, pode dar maior mão-de-obra, dar um certo frio na barriga, aquela sensação de insegurança... Mas, depois de tudo ajeitado nos seus devidos lugares, aquele sentimento de receio vai dando lugar a uma sensação prazerosa de novos horizontes, nova vida.

Eu gosto de mudar. Já me mudei de vários lugares, de várias casas. Já mudei várias vezes de ideia, já mudei a aparência, já mudei o paladar... Hoje como alimentos que não gostava quando criança e não como certos alimentos de que gostava antes.

Quem sabe numa outra época Deus tenha mudado de ideia e eu viria para este mundo como uma camaleoa - que gosta de valer-se do mimetismo e ficar mudando sua cor - e depois Ele desistiu e me fez humana, mas ficou ainda alguma coisinha do réptil lacertilios em mim para eu gostar tanto assim de mudanças...rs Será!?

Tem coisas que certamente nunca irei mudar: de pais, de filhos e do meu Tricolor Fluminense!rs

E, aí leitor, você também gosta de mudanças? "Rapte-me camaleoa..." rs




Djanira Luz

PIRRAÇA NO SHOPPING


FRIBURGO SHOPPING
As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!





PIRRAÇA NO SHOPPING




- Mamãe, eu quero aquela boneca!

- Menina, já disse... Fica quieta!

- Só depois que eu ganhar meu brinquedo!

- Arre! É sempre o mesmo enredo!

- Mamãezinha... Eu acho ela tão bonita!

- Sabia que assim você me irrita? Vamos logo fazer as compras que já estou ficando aflita!

- Eu só vou se comprar minha boneca primeiro!

- Menina do céu... Você pensa que nado em dinheiro?

- Ué, mamãe... O papai não trabalha no banco?

- Sim, mas ele não é o dono do banco e nem ganha tanto...

- Nem para um presentinho?

- Só se for bem baratinho...

- Mamãe, você acha que eu mereço?

- Ah, meu amor... Está bem, vamos lá olhar o preço...


A mãe pagou as compras com o cartão.

A filha agradecida pela boneca deu na mãe um beijão...



Djanira Luz

"CAROS" AMIGOS!



As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!





"CAROS" AMIGOS!




Isso é fato! Se estamos afortunados e com uma boa soma de dinheiro, temos amigos ao lado. Se a miséria ou tristeza nos visita, nem de posse de uma luneta um amigo se avista! Se não quiser ficar na solidão, viva alegre e trabalhe sem exaustão! rs





Djanira Luz

OPTEI POR SER FELIZ!


As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!


OPTEI POR SER FELIZ!

Eliminei todos os versos tristes
Da dor não quero nem cicatrizes
Registro só momentos alegres
Aqueles que me forem célebres!

A dor, o choro arremessei ao fosso
Todo o mal para o fundo do poço
Optei por trazer no rosto sorriso
Felicidade é tudo o que preciso!

Quero a meu lado o bom otimismo
Para longe de mim se vá o pessimismo
O agouro, o agro, a cara feia, fechada
Deus que me livre, eu sou abençoada!

Atente aqui para que agora eu digo
Se está “daw”, não se dê por vencido
Desgraça não vinga, tenho confiança
Com fé e amor no peito, o mal dança!

Esqueço o que de ruim me aconteceu
E sigo agradecendo o que Deus me deu
Saúde, força, esperança, isso me anima
Caso caia ou chore, dou volta por cima!

Então celebro a vida todas as manhãs
Com uma prece, risos sem temer afãs
Se a vida parecer assim desanimada
Canto, danço e dou uma boa risada!




Djanira Luz