21 de mar de 2009



Esperar demais do outro muitas vezes pode ser frustrante... Somos seres falhos, coisa da criatura humana। Mas, esquecemos e quando alguém falha em sua conduta ou nos magoa, ficamos tão decepcionados, não é?


Eu mais do que ninguém tenho vontade, nessas horas de decepção com alguém de ficar cantando feito a Maysa... "Meu mundo caiu..." É isso mesmo o que sinto, quando fazem algo que me chateia ou magoa, sinto perder o chão, sinto cair de uma avião.

Sei que não deveria e que não devo ser assim, preciso entender as limitações de cada ser। Eu é que fui moldada pela rigidez da disciplina do meu pai e pela força da minha mãe que silenciosamente, suporta com dignidade aquela dor ingrata que maltrata... Foi dessa maneira que aprendi a sentir, observar, analisar e, assim perdoar

Perdoar é a coisa mais difícil, porém mais compensadora do mundo. Além de fazer um bem a quem cometeu-nos um mal, faz com que o nosso interior fique aliviado, tranquilo, em paz. Paz essa que ninguém rouba.

Então, por que ficar remoendo desagravos? Liberte-se das mágoas, das iras, das amarras que fazem do seu coração morada do Hades.

Coração tem irradiar luz, amor e todos os sentimentos belos. Se você quer ter uma
aparência jovem, feliz e de paz, perdoe, esqueça, ame.

Também tenho meus dias de coração nebuloso, mas não passam de umas horas ou no máximo, um dia. Não dá para ficar mais do que isso de zanga, com mágoas maculando o corpo. Melhor é perdoar e de novo voltar a ter brilho nos olhos e um sorriso nos lábios.

Sorriso atrai beleza, mágoas cegam de tal maneira que não aproveitamos uma novo oportunidade que possa surgir...

Então, ame, sorria, perdoe e tenha a idade não cronológica, mas a idade que o amor
pôr em seu rosto feliz!

Era isso tudo só...

Djanira Luz