24 de ago de 2009

E SE EU MORRER AMANHÃ?


As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!



E SE EU MORRER AMANHÃ?



O que será de mim
Qual será o meu fim?
Será que sentirão saudade
Ou dirão: “Até que enfim! Já vai tarde!”
Será que deixarei boa semente
Para um fruto nascer novamente?
Ou terei sido uma muda ruinzinha
Tipo aquela erva daninha?
Serei lembrada pelos bons momentos
Ou somente pelos meus contratempos?
Céu, inferno... Para onde irei
Lá onde habita o dono da Terra, o Rei?
Terei por companhia Jesus, Maria, José
Ou o diabo em forma de Lula, Sarney e gente sem fé?
Ah, bom Jesus, deixa-me descansar em paz...
Que leiam, enfim, em minha lápide: Aqui DJAz!rs

Djanira Luz





Epitáfio para artista...rs

*"Passou a vida no faz-de-conta, agora finge-se de morto!"

*Desconheço autoria, infelizmente.







UM FAZ-DESCONTO! (HUMOR NEGRO)




As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!



UM FAZ-DESCONTO!
(HUMOR NEGRO)



A mentira impera e move os negócios
Todos criticam a meiga Chapeuzinho
e chamam o Lobo Mau de bonzinho...

Acabou-se o Conto da Carochinha,
atualmente se cai no golpe da vovozinha
Já não há a paz que havia antes,
onde quer que se vá um Inferno de Dantes
Para todo mal se deseja condenação,
ficou sem a perna o Gancho Capitão
O passado dele não há quem engula
e foi antes para o Inferno o dedo do Lula!


Djanira Luz













Já não há Príncipe Encantado,
só tenho visto sapo tarado
A delicadeza da Princesa sumiu
e o castelo dela também ruiu
Foram extintos os Burros Falantes,
hoje temos alunos ignorantes
Não se interessam pela escola
e só passam de ano à base de cola...

Já não existe mais Gata Borralheira
temos gatas com suas roubalheiras
Até o Robin Hood ficou canastrão,
ao invés do povo, ele protege ladrão
Entramos na Era dos Pinóquios 

PARA MORRER O ASSUNTO...



As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!




PARA MORRER O ASSUNTO
...

Venho informar o desenlace do plágio que sofri para morrer o assunto. Foram apenas dois dias, mas me tiraram do sério.

Depois de tudo solucionado chega a hora de arquivar, digo arquivar e não esquecer. Não podemos esquecer desse fato para nos mantermos atentos a novas possíveis investidas de inescrupulosos.

Não fosse a coragem da Karinna do RL, alguns leitores que não quiseram ter seus nomes revelados e além dos meus amigos que estão sempre atentos aos meus trabalhos, não fossem eles para me alertar, talvez eu não tivesse tomado conhecimento imediato e solucionado com agilidade essa questão.

Se eu também não tivesse coragem e atitude de agir, de correr atrás dos meus direitos, a essa hora a página daquela “pirata literária” ainda estivesse no ar.

Graças a ação conjunta de amigos e da boa vontade do dono do site Poetas Mortos, Anselmo F. Forati Jr, tudo se resolveu em poucos dias e sem maiores aborrecimentos. O Anselmo com a rapidez da exclusão da página da copycat deu credibilidade ao site Poetas Mortos e demonstrou respeito com os autores inscritos em seu site.

Se não aceitássemos os logros e tentássemos resolver com coragem e determinação os problemas como o que enfrentei, o Brasil poderia ter um rumo bem diferente do atual.

Mas, infelizmente, a Karinna por me ajudar sofreu ataques de uns “bobos” que acham normal o plágio. Já pessoas sensatas como eu ficaram indignadas com o ocorrido. Particularmente penso quem apoia o plágio é porque também o faz ... Só posso pensar desta maneira de alguém que é conivente com erradas atitudes, pois plágio é crime!

Para você que é liberal em relação a plágios, eu proponho a trabalhar durante trinta dias e no final do mês quem receberá o seu suado dinheirinho será uma pessoa estranha que você nem nunca viu. Você ficaria satisfeito em trabalhar, em se dedicar e depois de tudo não receber seus rendimentos? Pois, foi isso que eu senti. Eu me senti roubada, lesada. Não me subtraiu quantia, mas o valor dos meus textos não tem preço que pague a riqueza dos sentimentos que doei em cada escrita.

Agradeço a todos que deixaram comentários de apoio e repúdio no meu manifesto em crônica anterior.

Termino aqui dizendo que “A VERDADE É SOBERANA E ABSOLUTA” e anda ao lado dos que a busca. Quem pensa que vai ficar impune plagiando saiba que a verdade sempre aparece e ela vem bem mais rápida ainda se temos amigos que nos amam e nos alertam!

Penso que nunca terei agradecido o suficiente a todos que me apoiaram.

Beijoquinhas agradecidas.rs


ATENÇÃO!

Vale lembrar ainda que o plagiador encontra punição com base no Código Penal, com penas que podem chegar a 4 anos de reclusão, por violação ao direito autoral. Ao plagiador também pode ser imputado o crime de falsidade ideológica.FONTE: Artigo publicado em A Gazeta - ES em 09/05/2006 .



Djanira Luz

É ESSA A DIGNIDADE QUE ADMIRO!





Ode à Corrupção, de Elisa Lucinda