9 de abr de 2009

TUDO DE BOMBOM PARA VOCÊ!!!

Texto

As imagens desta página foram retiradas da busca Google

TUDO DE
BOMBOM PARA VOCÊ
!!!



Quero que fique contente
Com o meu doce presente
Meu amor aos pedaços
Envolto de belos laços...

Todo lugar, em qualquer parte
Envio felicidades e chocolate
Vai também muita emoção
Amor, fraternidade, união...

O Recheio dos ovos é de beijinhos
Regado de abraços quentinhos
Numa grande confraternização

Seguro feliz sua mão!

Nesta Semana que é Santa
Onde a dor de Jesus é tanta
Deus nos guarde do pecado
Caso se tenha que seja lavado...

Depois do Sábado da Paixão
Celebramos nossa redenção
O Domingo de Páscoa é animado
Temos o Cristo ressuscitado!

O Amor venceu, aleluia, Ele vive
Que de todo mal Deus nos livre
Nossa vida seja mais abençoada
Possamos ter a alma renovada...


Djanira Luz

PLANETA TERRA? "TÔ FORA!!!" (HUMOR NEGRO)


Imagem retirada da busca Google

PLANETA TERRA?
"TÔ FORA!!!"
(HUMOR NEGRO)



De volta ao planeta de origem, os Alienígenas foram mostrar o resultado do relatório de pesquisas para o ET Supremo.

- Então meus jovens pesquisadores... Como foi a viagem científica? Produtiva? – perguntou o Superior da galáxia.

- Nem tanto senhor. – respondeu o ET Cétera.

- Então, diga-me, qual parte do planeta Terra escolheram para realizarem a pesquisa?- quis saber o chefão.

- Nossa intenção era chegar às Índias, mas um vento forte nos levou para o Brasil que...- tentou falar o ET Zinho.

- Aaarahh... Deixa disso Zinho! Pára de palhaçada de ficar copiando as coisas da Terra... Essa mentira já foi contada há mais de quinhentos anos por um tal Cabral!- interrompeu o ET Cétera.

- Hehehe... Peço desculpas, Superior das Galáxias, mas achei a história bonitinha que resolvi copiar. – justificou-se o ET Zinho.

- Você bem ouviu aquela ensinadora falando para as crianças sobre mentira. Se ensina a criança a mentir, ela vai crescer uma mentirosa. - alertou o ET Cétera .

- E não é “ensinadora”, Cétera, é professora! - corrigiu o ET Zinho.

- Ora... Apesar de sermos anos-luz mais evoluídos do que os terrestres, uma semana foi muito pouco para assimilar tanta novidade e conhecimento. – resmungou o ET Cétera.

- Já chega! – disse o Supremo ET Mor- É muito falatório e pouca explicação! Prossigam com o relatório.

- Sim, Superior, queira nos desculpar. - disse o ET Zinho.

- Bem, escolhemos o Brasil porque pela nossa pesquisa era um país que tinha variação de clima, diversidade de raças. Porém, o que foi decisivo para escolha é que ouvimos de um dos habitantes produzindo um som agradável mais ou menos assim: “Moro num país tropical, abençoado por DEUS...” – explicou o ET Cétera.

- Você tem certeza? Falaram em DEUS? – quis saber o ET Mor.

- Absoluta Superior! - Responderam os dois ETs numa só voz.

- Então essa raça é mais evoluída do que imaginava... Conhecem o Ser Divino Supremo de Todas as Galáxias! Muito bem escolhido o local da pesquisa Zinho e Cétera! – concluiu o ET Mor.

-Prosseguindo então, não agradamos muito porque estávamos pesquisando justo onde entrava e saía muitos humanos fêmeas, mulheres – dizia o ET Zinho – elas entravam num laboratório chamado “SALÃO” e lá eram torturadas, coitadas!

- Torturadas? Que cometeram para merecerem castigo? – quis saber o ET Mor.

- Não deu tempo de pesquisar – falou ET Cétera – sabemos que elas entravam mostravam as mãos e uma outra mulher arrancava pedaços de carne dos dedos delas com um aparelho de tortura fino chamado alicate. Algumas fêmeas gritavam e até sangravam...

- Que país... E eles conhecem a DEUS! Que decepção! – lamentou o ET Mor.

- E tem mais – prosseguiu o ET Zinho – depois elas deitavam numa mesa e jogavam um líquido quente e derretido sobre todo o corpo, em seguida, arrancavam-lhes os pêlos. Como elas gritavam, pobrezinhas...

- É mesmo... – completou o ET Cétera – quase desistimos de assistir aquela sessão de torturas... Mas o pior estava por vir!

- Aiiiii, estou passando mal – revelou ET Mor – não suporto tanta crueldade!

- Pois é, ET Mor, antes de saírem de lá, as mulheres passavam por mais um e terrível sofrimento. Um aparelho barulhento com vapor exageradamente quente, era aproximado da cabeça delas. Era tão quente, tão quente que cozinhavam as orelhas até ficarem bem vermelhas... Só vendo! Para finalizar, antes de saírem do “SALÃO”, os cabelos das mulheres eram puxados e esticados. Todas elas saíam de lá do mesmo jeito. Concluímos que era assim que eram marcadas como sinal de tortura... – falou comovido o ET Zinho - ...Pior que ainda eram obrigadas a pagar para deixarem aquele local, um absurdo!

- Barbaridade! De forma alguma iremos tentar relacionamento com um planeta assim – declarou o ET Mor.

- ET Mor, nem falamos o mais terrível... Vimos alguns humanos machos, homens, entrando numa “CLÍNICA DE CIRURGIA” e saindo de lá com dois peitos enormes como os das mulheres e faltando o órgão reprodutor! – revelou assustado o ET Cétera.

- Pode parar!!! Morreu assunto de Terra, definitivamente! Planeta Terra? Tô fora!!! - Afirmou ET Mor.



Imagem retirada da busca Google

Djanira Luz

QUEM MENTE...


Imagem retirada da busca Google

QUEM MENTE...




Mentira, novelo de lã... Uma hora quem faz uso, acaba se embolando...

Djanira Luz

NOSSO AMOR É CAMPEÃO!



NOSSO
AMOR É CAMPEÃO!


Que torcida mais animada
Vibrando na arquibancada
Nas jogadas da vida
Não se perde uma partida!


Unida com a mesma intensidade
A vitória é certa de verdade
Vibrando com tanta alegria
O sucesso é uma garantia!

Pulando juntos de emoção
Isso sim é que é paixão
Pude sentir a harmonia
Em cada lance eu via...

Que maravilha de belo gol
Foi nosso time quem marcou
A felicidade entrando em campo
Um sorriso no rosto logo estampo!

O time está muito animado
Sintonia segue lado a lado
Nosso amor sagrou-se Campeão
Valeu torcer por nossa união!






Escrevi, durante a partida BrasilXPeru, em Porto Alegre...रस

Djanira Luz

500 DE MIM POR VOCÊ...


500 DE MIM POR VOCÊ...

Por mais que eu diga
Ainda fica o que dizer
Não me importo com a fadiga
Tento expressar o amor por você...

Seja com cem ou quinhentos
Em versos, esses meus inventos
Ainda que pelas letras me declare
Sempre falta algo por mais que eu fale...

Já me fiz até raio X
Coloquei os pingos nos “is”
Para que veja com clareza
Do meu amor e tenha certeza...

Em prosa, crônica e humor
Declarei ao mundo meu amor
Em cada sílaba ou estrofe, enfim
Revelei com lirismo, um milésimo de mim...



Imagem retirada da busca Google

ESTA MANIA DE DESENHAR CUBOS MAQUINALMENTE...



As imagens desa página foram retiradas da busca Google.

ESTA MANIA DE DESENHAR CUBOS MAQUINALMENTE...




Basta tocar o telefone e já pego um papel e caneta e começo a desenhar vários cubos. Separados uns dos outros, encho uma folha deles. Além dos cubos desenho também estrelas e olhos. Manias, saem maquinalmente. Ás vezes nem sinto, quando vejo a folha está tomada com uma série de cubos.

Minha filha outro dia perguntou:

“- Mãe, por que desenha tantos cubos?”

Respondi que deve ser por que minha cabeça não para de pensar. Então, ela completou:

"- Como o cubo mágico que precisa pensar muito para encaixar?"

Sim! Ela tem razão, o cubo mágico obriga-nos a pensar em possibilidades. E gosto disso... Gosto de possibilidades, chances, criatividade. Imagino que deva ter alguma ligação do cubo com meu desejo de criar textos, pois desenho cubos maquinalmente desde que me lembre...

Quantas coisas não faço assim, maquinalmente, sem que eu perceba. Algumas coisas são benéficas, outras nem tanto.

Descobri que estava “banalizando” o amor, esse sentimento nobre, lindo, escasso. Bem, na verdade, não o amor em si, a maneira como utilizava verbalmente para demonstrar carinho para pessoas queridas.

Bastava despedir-me de alguém querido para dizer:

“-Tchau, te amo!”

Até que uma pessoa muito querida minha revelou-me que dizia poucas vezes que amava, pois, segundo ele, “o amor é a coisa mais linda e importante que rege o Universo”. Nessa hora senti um desconforto ao dizer amar da forma maquinal que vinha utilizando...

Não que a pessoa a quem eu dizia não merecesse ouvir a frase, mas agora penso que para dizer “eu te amo”, o coração tem que arder, bater diferente. A pessoa que me segredou isso, estava certa.

Atualmente só digo “eu te amo” para algumas seletas pessoas, outras chamo de “queridas” ou “gosto muito” de você. No mais, é um “vai com Deus”.

Por que precisamos amar o outro sim, mas sem tornar essa frase, esse sentimento tão lindo e significativo numa coisa maquinal, banal.

Já não digo “eu te amo” maquinalmente, resgatei o valor do amor. Afinal, não posso dizer que amo maquinalmente assim como desenho meus cubos, não é?

Você, leitor, o que desenha maquinalmente quando está ao telefone? E sabe utilizar bem o “eu te amo”?




ACREDITA EM COELHINHO DA PÁSCOA E MEGA SENA?



As imagens desta página foram retiradas da busca Google

ACREDITA EM COELHINHO DA PÁSCOA E MEGA SENA?




Perdoem-me as crianças inocentes e apostadores de plantão... Mas, enquanto o Sr. Coelho não me trouxer pessoalmente ovos de Páscoa vou continuar incrédula quanto à sua existência. E até que eu ganhe na Sena, serei como São Tomé ou alguém feito doido que acha que por detrás de tudo, rola uma “teoria da conspiração”.

Veja bem... Algum parente seu já ganhou na Mega Sena? Algum vizinho ou conhecido? Na minha, ninguém. Ou os meus parentes e amigos são todos uns azarados ou tem alguma fraude nesse meio...

Pessoas conhecidas conversam à boca miúda sobre possíveis fraudes da Mega Sena... Comentam daquele assunto da adulteração do peso da bolinha para dar os números escolhidos pelos envolvidos nesse esquema.

Aí, eu fico de cá de carioca matutando... Como os mineiros são sortudos! O que tem de prêmio da Mega Sena saindo para Minas Gerais ultimamente, das duas uma: Ou os mineiros nasceram com o trevo-de-quatro-folhas nas mãos ou tem laranjada nessa história!

Numa breve retrospectiva, veio na memória o nome de muitos “sortudos” lá das Minas Gerais: Marcos Valério, Eduardo Azevedo, João Magno, Romeu Queiroz, Roberto Brant... Ah, não poderia deixar de mencionar aquele do “caso das pedras preciosas”, o Ibrahim Abi-Ackel... Gente de sorte essa, não concorda!?

Fiquei na dúvida: não sabia se postava como humor ou crônica, pois quando se mexe com política, tudo termina em pizza ou samba...

Pois bem... É melhor parar de falar porque tenho mineiro em casa que vai ficar “tiririca” e não vai gostar nenhum "cadinho" desta minha conversa...

Então, você vai continuar fazendo uma “fezinha” ou vai preferir espremer uma laranja? Acoooorda, Brasil!