30 de mai de 2009

POEMA DA SEPARAÇÃO...


As imagens desta página foram retiradas da busca Google


POEMA DA SEPARAÇÃO
...



Você era a haste e eu, a sua flor
Prendi-me a você, por puro amor
E palavra-seiva que a mim oferecia
Era um alimento que me nutria...

Pela força de seus beijos, me abria
A minha vida com você, eu dividia
Na fé da sua raiz fui crescendo
Nessa segurança ia me fortalecendo...

Muitas primaveras atravessamos
Em vendaval, quase nos arrasamos
Mas, o calor do amor e seu carinho
Fortificou-nos ao longo do caminho...

Hoje estou aqui me despetalando
E do seu corpo-haste, separando
Fico agarrada até me desprender
Para uma outra vez, reflorescer...



Djanira Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ