21 de nov de 2011

NÃO QUERO PALMAS!

                                                                                                     
                                            
  Imagem do arquivo pessoal.

    NÃO QUERO PALMAS!

 
Não gosto de palmas. Não! Gosto de palmas quando aplausos, sobretudo quando de parabéns pela nova vida que segue. E gosto de Palmas do Tocantins. Não gosto de palmas flores. Elas têm suas belezas e cores adoráveis, mas não para meu gosto.

Tudo tem uma explicação nesta vida, eu acho. E a minha é que meus avós moravam próximos a um cemitério, o Jardim da Saudade. Era lindo, bem cuidado. Não me causava medo. Até ia lá com minhas primas ver as flores do jardim e as gramas sempre verdinhas.  Já quando passavam carros com coroas de palmas era sinal de morte certa. E de morte da minha vida e das pessoas que eu amava, queria mais era distância. Daí essa proximidade de palmas com cemitérios em minhas lembranças! Foi algo que marcou uma época da vida, por isso tomei ojeriza da flor. Explicado!

Quando eu morrer, já deixo registrado, não me enviem palmas! Rosas amarelas e todas as variedades de cores dessa flor mandem aos montes que serão apreciadas ou de qualquer outra espécie da nossa rica flora.

Agora, se alguém me levar palmas, juro que me levantarei da urna funerária em protesto:

- Palmas, não! Palmas para mim, só aplausos!rs
 

 
Djanira Luz

2 comentários:

  1. Anotado,menina.Já eu, gosto de ambas:as flores e as palmas.
    Mas,tenho cuidado com as últimas. bjs

    ResponderExcluir
  2. Então receba os meus aplausos.rsrs. Grande abraço, Djanira. paz e bem.

    ResponderExcluir

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ