21 de mai de 2011

IDEIAS ROUBADAS


A imagem desta página foi retirada da busca Google. Caso seja sua criação e não autorize postá-la, por favor avise-me que retirarei imediatamente. Obrigada!

IDEIAS ROUBADAS! (Copycats)


Quando menino, bom aluno que era, os colegas copiavam suas respostas em cola na escola. Na adolescência inventou penteado agradando as meninas e outra vez foi copiado pelos colegas. Seguiu assim a vida toda. Fosse no trabalho, na escolha de um carro ou mesmo no lazer. Não tinha jeito! Era sempre copiado. O perfume que usava. As roupas que vestia, também. Até seu gosto pela leitura via nas mãos de quem mesmo dizia aversão a livros.
 Parecia mesmo um ícone pelo tanto que era imitado em tudo o que fazia.

No dia em que começou a ter ideias para escrever, sua mãe incomodada com todas cópias que o filho sofria anos a fio, irritada questionou-lhe?

- Não se chateia em ver copiados seus textos e ideias? Acaso seu nome é Xérox do Brasil?
Rindo com seu jeito simples de ver a vida, despreocupadamente respondeu:
- Não mãe... Tem muito mais de onde saíram as minhas ideias e textos! A mente se estimulada é uma fonte inesgotável de criação.

2 comentários:

  1. Maravilha, Djanira! Em cada coisa, gesto ou palavra copiada revela-se um não-ser. Meu abraço. paz e bem.

    ResponderExcluir

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ