11 de set de 2009

CAEM AS TORRES DA SOBERANIA E DO ORGULHO...


As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!


CAEM AS TORRES DA SOBERANIA E DO ORGULHO...

9:37 a.m. - 11 de setembro de 2001.



Na boca ainda o gosto do brigadeiro e pela casa, os enfeites que sobraram da festa do dia nove, aniversário da menina. Quando vi pela televisão o ataque aos EUA, desmoronei junto com as torres. Guerra mundial! Foi o que pensei. Quem imaginava que os Estados Unidos seriam invadidos por terroristas? O choro compulsivo foi inevitável. Lágrimas solidárias pela dor americana.

Há quem visse as torres como símbolo de Soberania e Orgulho americano. Quando as vi caindo, lembrei-me disso. Mas aquele momento não era para pensar em nada assim! Eu estava sofrendo pelas vidas inocentes que pagaram o preço alto com a morte. Parecia que via o fanatismo religioso naquele gesto suicida e como que se dissessem para o Presidente dos EUA, imitando a fala de Moisés ao Faraó: “LIBERTA O MEU POVO!” Vi aquele ato como atitude agressiva de repúdio pelas invasões americanas em terras estrangeiras. Os terroristas pareciam dizer com a ousada postura: "Isso é para ir por terra o orgulho de que vocês são tão eficientes! Até essa Supremacia está vulnerável a ataques!”

Eu quis gritar para eles que aquela dor não era só americana, era uma dor Universal. E que até Deus depois que permitiu que matassem os primogênitos egípcios, preferiu agir de outra maneira enviando seu Filho para nós. E dizer-lhes que a morte não melhora e não conserta nada! A única coisa certa que muda o coração do homem e consequentemente o mundo, é o amor.

Se os fanáticos políticos e religiosos destruíssem-nos torres por causa dos maus governantes, que seria do mundo sem os bons? Pois, geralmente quem morre são os inocentes.

Aquela cena triste que assistia levou de mim o que restou de encanto do aniversário de cinco anos da minha filha. E todo o colorido da festa e o doce da boca deram lugar ao cinza e ao amargo doído da compaixão...


"(...)Os atentados causaram a morte de 3234 pessoas e o desaparecimento de 24..." Fonte: Pentágono.
Djanira Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ