20 de jun de 2009

VOU ME CASAR COM BENITO DI PAULA!!!


As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!



VOU ME CASAR COM BENITO DI PAULA!!!




Tenho recebido um número considerável de e-mails de rapazes entre 23 e 30 anos dizendo-se “apaixonados” por mim...rs

Não os censuro, tampouco me envaideço. Antes, lhes faço uma bombástica revelação. Quando muito acalorado o e-mail, analiso, dou uma risada (não debochada, mas pela beleza da ilusão de amor que muito me identifico) e depois respondo com meu segredo que, juro, jamais pensei precisar valer-me dele...

Respondo aos e-mail, um a um, pois cada pessoa deve ser tratada como única, são pessoas especiais com sentimentos igualmente especiais. Segredei-lhes que aos onze anos até nem sei quando, eu dizia para mim e para o Universo que me casaria com o Benito di Paula! Sim! Eu me apaixonei por ele. Não, por ele não! Pela poesia cantada dele e toda vez que o via na tela da tevê, eu suspirava de posse do mais nobre e inocente amor. O romantismo tomava conta de mim e alimentava aquele fogo no peito e eu gostava daquela sensação toda que sentia.

Entretanto, o que eu não sabia é que eu estava amando as palavras do cantor, aquelas belas palavras tinham verdadeiro fascínio sobre mim, me seduziam sem qualquer esforço.

Vivi nesse devaneio o até o dia em que fui capaz de discernir amor e admiração e separar o sentimento pela poesia do autor. Só então foi que desisti da ideia absurda de casar com o Benito.Por isso que entendo bem o que se passa na cabeça desses jovens, pois vivi o mesmo.

Um dos meninos disse em e-mail:

“(...)-As mulheres não são mais assim como você, sinceras, românticas, doces... A maioria só pensa em se dar bem em cima do cara...”

É lamentável saber disso, embora não sejam todas, mas é por aí mesmo. Ele tem razão. Essa questão, porém, cabe a ele conhecer bem alguém antes de envolver-se mais sério.

Toda essa confusão de se ter paixão por quem escreve, sobretudo, poesias, poemas é devido ao poder de sedução que têm as palavras. Uma pessoa sensível que busca um amor sincero, meigo poderá apaixonar-se pelas letras, porém, vai transferir todo o ardor do peito para quem o escreveu.

O belo desses rapazes é que eles não importam com a beleza física ou idade, a paixão se faz tanta que importam tão somente com a beleza interior. Foi o que aconteceu comigo em relação ao Benito di Paula. Eu estava tão envolvida com ele que o via como um Príncipe Encantado! Eu era apenas uma menina, ele homem feito.

Apesar de ter amadurecido, algo permanece em mim. Vejo e valorizo pessoas por dentro, a capa é simples detalhe.

Então, moças e rapazes, antes de acreditar apaixonadas pelo poeta ou poetisa saibam que isso passa. É o feitiço das letras, a magia da sedução, ainda que esse poder não seja intencional por quem compõe...


Coincidência ou não, acabei vindo morar na cidade natal do cantor Benito de Paula... Ironia do destino?rs




Djanira Luz

2 comentários:

  1. Eu não sei sua idade, mas também me apaixonei por Benito di Paula aos 12 anos e minha prima também. Ela tinha 16. O vimos num show numa praia em São Vicente onde ela morava e eu passava férias. Hoje tenho 51. Sou casada com um homem parecido com Benito di Paula, porém mais alto e mais novo do que eu três anos. Hoje Benito di Paula está separado da mulher que lhe deu três lindos filhos. Dizem que era muito bonita. Li isso na Net. Fiquei curiosa por saber quem foi a felizarda que passou anos ao lado dele ouvindo àquele vozeirão. Vi fotos do filho mais velho dele. Rodrigo Velloso. É mesmo lindo. Só que tem a voz fina. Bem afinada. É cantor. Tenho lido histórias sobre a vida de Benito. Entrevistas que ele deu. Ele é uma pessoa sensível. Não merecia estar só. Agora ele tem 71 anos. Fico pensando, porque a mulher o deixou. Deveriam envelhecer juntos e felizes. Ele ainda é um corôa bem simpático. Alegre, brincalhão e sensível. Imaginei mesmo que não era somente eu e minha prima a sonhar com ele. Agora só é uma doce lembrança. Mas não deixo de pensar que ele é mais sensível que meu marido. Meu marido é secão. E eu, ainda na idade em que estou, sou cheia de amor pra dar. Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Querida leitora, agradeço imensamente seu belo comentário revelando a semelhança com o que vivi e escrevi! Temos quase a mesma idade, sou de 1965. Gostei de saber um pouco mais sobre a vida do cantor querido. Desejo que seus dias sejam repletos de muitas horas felizes e de paz! Beijoquinhas.

    ResponderExcluir

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ