26 de abr de 2009

COMO HÓSPEDE NUM HOTEL...





As imagens desta página foram retiradas da busca Google

COMO HÓSPEDE NUM HOTEL...


Quando cheguei em casa não me achei
Procurei-te em cada canto, não encontrei
Um vazio em mim, os pensamentos ao léu
Sozinha eu me sinto hóspede num hotel...

Fico pensando em tudo que passamos nós
Entrelaçados de amor debaixo dos lençóis
Depois teu corpo sobre o meu aquecendo
Saciada de prazer, feliz acabei adormecendo...

Tudo ficou marcado pela noite afora
Naquele dia, em cada instante e hora
Nossas únicas testemunhas foram elas
Silenciosas viram tudo, as rosas amarelas...

Tu estás bem preso a mim por dentro
Em minha boca, corpo, pensamento
Como é doída a hora triste de partir
Como poderei viver agora longe de ti?

Confio em tuas palavras, na promessa
Mas, meu coração tem muita pressa
Bate diferente afastado da tua presença
Faz-se em mim abismo, saudade imensa...

Tudo que nos foi lindamente ocorrido
É para mim até hoje o mais garrido
Em teu amor por mim tenho confiança
"Tudo por amor quem espera alcança"...

Tenho na boca ainda o que foi posto
Forte e doce o beijo, sinto o seu gosto
No corpo as tuas marcas em mim estão
Calor das suas mãos de amor e paixão...




Djanira Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ