1 de out de 2014

EVENTOS, COISAS, SENTIMENTOS...


As pedras que rolam da montanha em dias de tromba de água. Alguém que recebe uma notícia ruim. Veículo que perde o freio. Quem se separa do seu grande amor. Descobrir-se vítima de traição. Avião sem rota. Folhas ao vento. A consciência de se ter doença incurável. Pipa cortada. Trem descarrilado. A morte de um filho. Barco à deriva. Guerras, conflitos, a crescente violência. A falta de expectativa em dias de paz e alegria. Quem sofre uma grande desilusão. A solidão do órfão. Dependência das drogas. O futuro do país depois das eleições... Todos esses eventos deixam vidas e coisas sem rumo. Desestabilizam pensamentos, destinos, amanhãs. Sem rumo fica também o coração apaixonado. Inebriado de amor, o pensamento de quem ama viaja desnorteado por um universo de sonhos onde são acessíveis todas as impossibilidades. A paixão nos deixa mesmo sem rumo! É a única vez que ficar sem rumo nos faz bem. Muito bem!

Djanira Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ