27 de fev de 2013

O SER QUE ME HABITA...



Imagem arquivo pessoal - Lua, dia 25/02/2013

O SER QUE ME HABITA...



Nem sempre fui assim silêncio. Era explosão, muito barulho. Nem sempre fui solidão. Multidão havia em mim. Nem sempre tive esta aparência estática no meu rosto. O sorriso feliz era parte de mim. Hoje sou sombra do que fui e nem reflexo do que eu era não há mais! O ser que me habita roubou-me sonhos e o desejo de criar nova história, pois só ele tem o poder de tornar minhas horas mais felizes e de me fazer outra vez luz e brilho e cor e alegrias. Ele, o ser que me habita, guarda em si meu coração. Por isso da minha introspecção e silêncio. Devolva-me! Tenho suplicado, traga-me de volta o amor esfuziante que me habitava...
Djanira Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ