14 de jan de 2013

AMANTE PARA A VIDA INTEIRA!




 Imagem arquivo pessoal

 AMANTE PARA A VIDA INTEIRA! 

                                
Uma sensação de liberdade e alívio ou uma profunda tristeza acompanhada de grande desprezo deve ser o fim de uma relação extraconjugal. Se por um lado ser amante é se sentir mais desejado que a companhia oficial, em contrapartida, um ex-amante sugere ser algo do gênero: produto insatisfatório,  de curta validade ou de uso exclusivamente sazonal. 

Fica mais fácil o fim quando as duas partes aceitam e concordam com o rompimento e conseguem manter uma relação de apenas amigos. E a vida segue na normalidade sem sofrimentos ou mágoas pelos cotovelos.  Por outro lado, se o fim do caso deu-se por ter sido descoberto pelo cônjuge, será impossível conservar um clima agradável.  Porque os amantes entrarão em conflituosa discussão e acusações de culpados, de disto e de aquilo outro de que aquele caso não deveria ter acontecido. 

Bom é ser amante a vida toda, mas amante exclusivo, tipo que acordam e dormem juntos sem nenhuma outra criatura entre eles para mágoas e arrependimentos futuros. Tipo assim, amante do próprio namorado, noivo ou marido...


 Djanira Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ