18 de mai de 2012

EU QUERO É O LADO BELO!




"Pôr do Sol com a Pedra da Gávea iluminada e o Cristo Redentor ao lado. Foto de Severino Silva."

 —  Severino Silva Silva. Belíssima paisagem capturada pelo excelente fotógrafo Severino Silva.


EU QUERO É O LADO BELO!


Ah, eu só quero mesmo é falar de flores e de coisa toda boa que há na vida! Assuntos ruins deixo para os maus e corruptos todos que mancham os jornais com notícias que nos fazem chorar ou franzirmos a testa de descontentamento e indignação.

Eu quero mais é falar de risos e de esperança! Assumir otimista inveterada que sente alegria mesmo em dias de resfriado. Não pelo desconforto, mas pelos tantos de chás aromáticos e mimos quentinhos que se recebo com o desejo de fique boa logo.  Se queimo ou machuco o dedo, a dor fica em segundo plano, por sempre aparecer um ou mais com um beijinho e assopro que curam. Carinho é mesmo milagroso!  E nas vezes em que um projeto não dá certo ou sai diferente do esperado ou se o um problema é difícil de resolver ou se não tem mesmo jeito de solução, surgem tantos testemunhos bem mais complicados que o meu. Nessas horas sinto nunca estar sozinha nem nos meus infortúnios! Nem as mazelas da vida, nem as “insoluções” deixam o riso muito tempo longe do meu rosto. Tristezas, quem não sente? Mas eu não as acarinho, por isso não se demoram em mim. 

Se alimentarmos problemas e sofrimentos, eles crescem consideravelmente por se sentirem acolhidos e nem pensar de ir embora de nossos dias. Por isso falo de cores! Porque douro a vida de Sol, de rosas, ipês e crisântemos amarelos que irradiam brilho e energia para minhas horas. Porque pinto de azul meus momentos! Da cor do céu, infinitamente lindo em dias de outono a transmitir serenidade e beleza que coisas boas acontecem de repente. Inesperadamente! Uma notícia boa. Um telefonema surpresa. Um eu te amo dito ao ouvido ou entregue aos olhos por mensagens virtuais. Não importa a forma que nos chegue um alento, a vida fica blue com esses pequenos detalhes que têm poder de encher de sorriso o rosto!

Eu quero mais é falar de música! A música não apenas da voz bonita ou dos instrumentos musicais incríveis. Quero falar da música ouvida no silêncio: do sabiá que me desperta antes que dispare o alarme eletrônico. Da canção do mar. Toda vez que ouço o marolar percebo uma nova nota em suas ondas agitadas. Do vento assobiando. Mudando o tom forte ou suave, de acordo com seu estado de espírito. 

Por isso quero mais é falar do doce que é a vida e das alegrias e sonhos possíveis. Os impossíveis deixo nas mãos do Criador para o tempo certo de acontecer!  Quero é cantar o amor fazendo da vida uma magnífica sinfonia de cores, sabores, flores e, tantos forem e existirem, os amores...
 
Djanira Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ