27 de dez de 2011

GRANDES BESOUROS E OS SEUS PROBLEMAS...



As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!


GRANDES BESOUROS E OS SEUS PROBLEMAS...




Um besouro intrometido invadiu o quarto da Aninha que de um só pulo da cama foi parar na sala de assustada que ficou com o inseto a voar de um lado para o outro sobre sua cabeça.

Visto do alto, de asas abertas, o besouro parecia mesmo um bicho medonho e perigoso. Bastou que de tonto dos voos em círculos caísse no chão para que víssemos, na realidade, ele nem era tão grande e assustador assim!


Como o besouro que voava assustando a menina, são os nossos problemas. Quando medrosos e desesperados, enxergamos os problemas bem maiores do que são! Se mantivermos a serenidade,  a lucidez, tudo terá o tamanho do besouro caído no chão. O que faz os problemas gigantes, não são as situações, mas a proporção e importância que damos a eles.

Caso esteja passando por momento assim de besouros grandes, procure manter a calma e olhe novamente para ele. Certamente a tranquilidade fará com que veja o problema como algo controlável e bem menor do que o desespero mostrou ser.

Besouros grandes surgem a toda hora, sobretudo inesperadamente. O segredo é não aumentar o seu tamanho. Devemos enxergá-los como desafios a serem solucionados  e não obstáculos intransponíveis.

E o besouro que assustou a menina, acabou sendo motivo de risada! Aninha viu como foi ridículo sentir medo de um bichinho tão inofensivo.

Assim como o besouro, à primeira vista os problemas nos deixam inseguros como meninos e meninas. Quando observarmos os problemas com a serenidade e a madureza de homens e mulheres, aí encontraremos as soluções

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ