15 de jul de 2011

VISTOS NEGADOS! (HUMOR)



Imagem do amigo Severino Silva fotógrafo do Jornal O Dia

VISTOS NEGADOS! (HUMOR)



Os amigos comentavam da sorte que a mulher tivera sobrevivendo ao acidente.
- Sorte nada! Estou é com um danado complexo de rejeição! Não fui aceita em lugar nenhum...
Sem entender os queixumes da amiga, quiseram saber.
- Imaginem vocês que tive meu visto negado nas duas fronteiras da Terra. Achando-me merecedora do Céu, minha alma convencida dirigiu-se para as alturas na certeza de que era lá o seu lugar de descanso final. Qual foi minha surpresa quando o porteiro enviara-me o recado do seu Mestre e Senhor Nosso:
- Sinto muito, mas o Criador Nosso Deus, disse que a senhora não está preparada para adentrar esta tão casta morada. Sugiro que desça e siga para as profundezas do inferno. Veja se lá é o seu lugar.
E a mulher, orgulhosamente ofendida, achando-se melhor do que a opinião divina, sem poder protestar, obedeceu às recomendações celestiais. Abaixando degraus e murchando sua bola de vaidades, foi bater nas portas do capeta.
Ao ver a mulher na entrada do seu reino, o capeta pulou como que em cima de brasas. Aliás, brasa era todo inferno! Com sua voz estridente, vociferou:
- Deus me livre dessa mulher aqui dentro! A vida toda teve esse sorrisinho besta na cara e palavras de boba alegre. Desse jeito otimista que é vai querer fazer do meu inferno, um Paraíso! Credo em cruz! Vá de reto, mulher daqui!
Outra vez, tendo negada a entrada nas duas fronteiras entre o Céu e o inferno, a mulher recebeu a visita de um anjo que lhe tocou o dorso e avisou:
- Criatura de Deus, desperte! Diante da recusa de sua entrada na morada do inferno e tendo sido proibida de se juntar a nós no Lugar das Delícias, o Todo Poderoso permitiu que a senhora fique mais um pouco no plano terreno para que melhore no que precisa ser mudado em sua vida. Aproveite a oportunidade e vigie sua conduta para que mereça viver o descanso no Paraíso e não padecer nas agonias do inferno. Purifique-se. Harmonize-se.
Ao fim do seu relato, encarando os amigos, a mulher finalizou:
- Por isso sobrevivi, pois nem o céu nem o inferno me quiseram!
Os amigos riram com a espiritualidade da amiga e lhes disseram:
- Rejeitada coisa nenhuma! Para ter ficado aqui entre nós, ou precisa melhorar em alguma coisa como informaram lá nas Alturas ou você realizará algo importante neste mundo!
Mas quem lhe tira da mente o sentimento de rejeição!rs


Djanira Luz

2 comentários:

  1. Quando chegar outra vez, a derradeira, pelo jeito vai ter que fazer um estágio no purgatório, né? hahaha! Ótima, Djanira! Abraços e bom fim de semana. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  2. Menina,receio ser essa mulher amanhã...
    Nem bem no Céu,nem bem no Inferno.E,gostaria de estar lá;vou encontrar tantos conhecidos...
    Qto tempo vou demorar no Umbral? rss
    bjks

    ResponderExcluir

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ