8 de jan de 2011

ENTRE VOOS, SONHOS E LIBERDADE!

               Imagem do meu arquivo pessoal.


ENTRE VOOS, SONHOS E LIBERDADE!



Ontem, (refiro-me lá atrás dos anos, não ao passado recente) era normal ter a sensação de que estava sendo observada. Um dia me disseram tratar-se do meu anjo da guarda velando-me e que só as crianças tinham essa capacidade de perceber sua presença.


Aí eu cresci! Cortei as asas do anjo e corri pela vida crescendo na velocidade das minhas idéias, deixando para trás meu protetor que não podia mais me alcançar. Com o tempo perdi o poder da menina e nunca mais senti o anjo a me vigiar. Quis devolver-lhe as asas, resgatá-lo para perto de mim quando precisei dele. Naquele momento entendi que seu tempo a meu lado tinha prazo de validade. No dia que eu menina resolvi crescer foi a hora certa para o anjo seguir outros rumos.


Foi seguindo também meu caminho, entre acertos e tropeços que descobri o valor da proteção de quem me quer bem. Sejam anjos, sejam pessoas queridas. Hoje sinto no coração que o meu anjo da guarda não se foi de todo. As suas asas ficaram comigo! É por isso que ainda consigo voar em pensamentos. É por causa delas que aprendi a realizar voos em letras que me levam onde o coração quer estar. Ou posso ser aquilo que desejo.


As asas do anjo não estão presas em meu dorso, mas são elas que me tornam livre para traçar meu destino em altas imaginações. E sem chance nenhuma de alguém querer podá-las de mim!rs



















3 comentários:

  1. Fantástico amiga! Asas para a imaginação!

    Abraços renovados!

    ResponderExcluir
  2. lembrei uma música do Belchior com essa história de anjo: "Anjo? Se houvesse anjo, claro seria como tu..."

    ResponderExcluir
  3. Djanira, ler você é sempre muito bom. Ocorre que tem dias em que a predisposição minha e a disposição sua em encantar estão querendo encontro, então se dá uma espécie de gozo entre palavras. Que coisa linda! Meu abraço. paz e bem.

    ResponderExcluir

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ