4 de nov de 2009

PARA ESQUECER VOCÊ...


As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!




PARA ESQUECER VOCÊ...


Pensei que jamais apagaria romances, mas foi necessário. Do contrário, a ilusão me rabiscaria a vida com suas tristezas.

Eu que imaginei nunca trancar portas, tive que fechá-las para que meus sonhos não me escapassem junto com o amor que se foi deixando comigo a chave do meu coração. Partindo numa ida sem retorno.

Acreditei nunca recortar falas apaixonadas, porém, precisei interromper conversas para que meus ouvidos não sofressem com promessas ardis.

Tinha certeza de não jogar fora nenhuma paixão, porém me vi obrigada antes que me entulhasse de saudades, desalentos e infelicidade.

Então apaguei, tranquei, recortei e joguei fora tudo o que poderia me fazer sofrer dias sem fim. Mas embora eu tenha apagado, há vestígios de amor no meu corpo. Mesmo fechando portas, uma brecha insiste ficar aberta. Apesar de ter recortado palavras de carinho, percebo que não picotei direito, há pedaços grandes guardados em mim.

E por mais que eu tenha jogado ao lixo, algo insistiu ficar no coração... É a recordação que vai permanecer ainda por muito tempo até que eu consiga desfazer-me totalmente dos resquícios do meu amado, que estão preservados na memória...




Djanira Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ