7 de out de 2009

USANDO A DOR COMO ESCADA...


As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!



USANDO A DOR COMO ESCADA...



Havia tanta dor em seu semblante que fui invadida por grande compaixão. Quis tomar aquele sofrimento para mim, mas vi que era só dela aquele sentimento que nos corrói dilacerando toda beleza existente.

Insuportável desejar mudar os fatos, tentar ser Deus e abraçar todo sofrer do mundo, acalentar almas atormentadas, carregar nos braços desenganos, ninar os males! Querer abrigar no peito o choro que maltrata e reprime o coração pondo nele espinhos, venenos, ácidos...

Tão pequenina e já prova do fel, do lado negro da vida! Injusto, mundo cruel... Padece. Posso sentir a melancolia mesmo sem pronunciar palavra alguma. Na respiração sentida toda desventura sufocada.

Sinto o peso de cada lágrima por tanta angústia escorrendo através dela. Quisera tomar essa dor para mim, menina e não assistir todo esse cenário como uma expectadora impotente que não tem braços nem pernas para agir e cujas palavras fogem por não saber confortar. Não há prece capaz de consolar em momentos assim, por isso faço do meu silêncio, oração.

Há circunstâncias pelas quais passamos onde ninguém pode sofrer em nosso lugar. É o preço do crescimento interior, é escada que eleva. É nutrição para o espírito, é fruto que alimenta. Então me conformo pela ocasião da agonia dela, pois sei que a fará forte capaz de enfrentar gigantes e suportar tempestades sem desmoronar.

Sim, menina! Tome a dor como escada que engrandece e fruto para lhe alimentar o interior.



Djanira Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ