2 de out de 2009

SABE ESSE AMOR?


As imagens desta página foram retiradas da busca Google, caso seja sua criação e não autorize postá-la, favor entrar em contato comigo que retirarei imediatamente. Obrigada!



SABE ESSE AMOR? (Uma crônica de Amor)

SABE ESSE AMOR? (Uma crônica de Amor)

Sabe esse amor que chega desavisado e vai crescendo, tomando espaço, ocupando vazios , preenchendo lacunas com alegrias, vai renovando a esperança, melhorando o humor, arrumando a bagunça que os problemas se incumbem de tirar tudo do lugar? Então, esse amor que invade com permissão, que pode tudo porque é bem vindo por ter sido desejado, esperado, sonhado. Esse que nos põe tanto brilho que refletimos a luz das estrelas no olhar, amor que transforma nossos sonhos em feliz realidade.

Esse amor que enche o rosto de alegria, fazendo a alma cantar alto e que sai pela boca uma melodia linda, expressiva do amor que vai no coração. Amor qual energético que dá ânimo e força de vontade e melhora tudo ao redor. Por conta dele podemos até enxergar saídas, obter respostas, alcançar certezas do futuro num simples esticar do pensamento, pois o futuro fica tão perto quando o coração está repleto de êxtase, de satisfação.

Sabe esse amor que nos desperta para a vida, para o novo e nos move a realizarmos algo que nunca passou em nossa mente efetivar, de querer outros quereres, de provar de outros gostares ou sabores só pelo simples prazer da descoberta, do novo, do nascer de sensações nunca sentidas antes. De olhar o pôr do Sol como acontecimento único e apreciar o crepúsculo com sua Lua, como um momento mágico. Esse amor que faz dos dias de Sol mais luminoso ainda e dos dias de chuva uma bênção de fertilidade que seiva a terra para que frutos e flores nos presenteiem a vida com beleza perfumosa de delícias.

Sabe esse amor que parece que expande o peito, que o sentimos grande parecendo não caber dentro, querendo saltar de nós para ir ao encontro do outro para um abraço que cura muito mais que a saudade, aquele abraço que prende ao outro como um elo que foram para não serem rompidos, uma aliança de duas vidas por se amarem tanto que não compreendem o sentido da palavra adeus, que excluem de si tudo o que sinalizar separação, um amor assim tão grande que não cabe em palavras, só em gestos e atos.

Sabe esse amor que doi sem machucar como cantou o poeta em várias línguas de beijos dados e idiomas falados. Todo esse amor que vai além do que se pode imaginar a mente mais fértil e intelectualizada por não poder ser explicado, pois o amor só se sente e se vive e se ama simplesmente.

Sabe esse amor que não sai da cabeça, que faz companhia ainda que distante, que nos toca os cabelos, afaga-nos o rosto e beija no vento os lábios com risos da certeza de que ele é nosso, mesmo separados podemos sentir o forte abraço, o toque, o cheiro, o sabor e de tanto gostar, a presença se faz assim parecer concreta.

Sabe esse amor que existe sim, que vai além dos contos de amor e da compreensão humana, esse amor que por ora tento expressar? Eu desejo que você também possa vivê-lo!rs



Djanira Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ