21 de ago de 2009

SEM ÉTICA, SEM CRÉDITO E COM PLÁGIO!


SEM ÉTICA, SEM CRÉDITO E COM PLÁGIO!

Ontem, dia vinte de agosto fui surpreendida com e-mails e entradas no meu Blog EM QUATRO ELEMENTOS de pessoas questionando a autoria dos meus próprios textos.

Informaram que uma “pseudo-autora” do site POETAS MORTOS, a LAÍS PINHEIROS MARTINS estava fazendo uso dos meus textos postando sem dar crédito para minha autoria. Além disso, como se não bastasse a gravidade do ato, a autora copycat, acrescentou falas ao meu texto, alterando o conteúdo para ficar com suas características, conforme a visão especialista da minha advogada.

Minha primeira reação foi de revolta e repúdio por esse vil ato. Sou muito ética para questionarem minha índole.

Tudo o que produzo é “MEU, TUDO MEU”, está entre aspas por ser um jargão que não é de minha autoria. É assim que faço quando me valho de autores consagrados ou de algum colega de literatura. Eu jamais copiei uma vírgula sequer de alguém sem que desse o devido crédito da autoria. Quando não cito nomes é para privação da intimidade e são de pessoas amigas minhas que autorizam postar falas para enriquecer e dar credibilidade a meus textos.

Se o indivíduo não tem competência para produzir seus próprios textos, por que então fazer cadastro em site de poetas e/ou escritores? Existem vários sites de relacionamentos a inteira disposição daqueles que procuram diversão e interação para troca de amizades.

Textos são como filhos. Eles são gerados com carinho, cuidado, alguma dor e nascem a imaginação fértil de cada autor. E, ontem quando vi meus “filhos” seqüestrados senti tamanha ira e revolta!

Como uma leoa fui resgatar o que é meu. Mais do que meus textos, eu fui em busca da minha dignidade. Afinal quem não me conhecia e conhecia aquela copycat LAÍS PINHEIROS MARTINS teve dúvidas.

Sou uma mulher bem organizada. Tenho tudo catalogado com datas e além dos advogados e agente literário tenho pessoas amigas que identificaram minhas falas nos textos e vieram até a mim e num gesto nobre de grandeza postaram lá no site
WWW.poetasmortos.com.br, três textos em manifesto defendendo-me aberta e gratuitamente.

Eu não poderia deixar de postar esta mensagem hoje de agradecimento a KARINNA do RECANTO DAS LETRAS e que posta também no site POETAS MORTOS. Ela e outras pessoas que se moveram para desmascarar aquela que queria ser eu sem ser!

A KARINNA mostrou que além da bela estampa visível aos nossos olhos é igualmente bela em seu interior. É integra, corajosa e não aceita, não digere atos ilícitos. Sabe respeitar e mais ainda, ela sabe defender as pessoas de boa índole, pois sabe que plagiar é crime!

O desconhecimento da lei não isenta ninguém da punição. Portanto, sejamos unidos como revelou ser a KARINNA. Identificando sinais de fraudes avise imediatamente o autor do texto.

A “pseudo-autora” não teve ética em adicionar o meu nome aos meus textos, mas eu tenho. É por isso que dou créditos a ela a LAÍS PINHEIROS MARTINS por ter me maculado, me lesado desde julho de dois mil e nove, data que começou a copiar e a modificar meus textos como sendo de sua propriedade. Lamentável a atitude dela!

Entrei em contato com o dono do site Anselmo F. Forati Jr que me garantiu a exclusão definitiva da LÁIS PINHEIROS MARTINS no dia vinte e sete de agosto de dois mil e nove.
Enquanto isso, caso queiram comprovar a veracidade das minhas palavras, é só clicar no link e verificar os meus textos na página dos POETAS MORTOS.

Embora eu não precise provar nada do meu caráter, tenho provas e inteligência para compor meus próprios textos. Agora aquela vai ter que provar para seus leitores a sua falta de caráter.

MEUS TEXTOS:
www.poetasmortos.com.br/index.asp


EU SOU UMA PALHAÇA – Lá ela postou como HOJE TEM MARMELADA

HUMOR NEGRO – UM PITO EM SANTO ANTÔNIO – lá ela postou como HUMOR NEGRO

A MORTE É A ÚNICA CERTEZA DA VIDA – manteve o título.
POETAS SÃO ARTISTAS DAS LETRAS – manteve o título.

SINTO LIBERDADE QUANDO PERDOO. Ela usou como título uma frase muito minha. Exclusivamente minha por ser uma frase contraditória que criei! - ERA TUDO ISSO SÓ!

CORAGEM ACIMA DE TUDO -
lá, além de reduzí-lo a uma prosa, ela dá credito para ela e para o namorado postando como DUETOS.

SENTIDO FALTA DE QUÊ? - lá ela postou como SENTINDO FALTA.

Eu parei de ver se tinha mais textos meus porque fiquei enojada! Se o dono do site não tomar as devidas providências e atitudes, minha advogada e meu agente literário tomarão!

Desculpe tomar-lhes tanto tempo, mas fez-se necessário e o assunto é sério e passível de acontecer com você. Esteja atento!

Beijoquinhas.


Djanira Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUERIDO LEITOR, QUE VOCÊ SAIA MELHOR DO QUE CHEGOU AQUI! VOLTE SEMPRE QUE O TEMPO PERMIRTIR OU O CORAÇÃO DESEJAR...rs

;Djanira LUZ